Arte em Linha

SOBRE A MARCA

Arte em Linha
 
A artesã Déborah Assunção criou a oficina de macramê Arte em Linha movida pela necessidade de empreender para conquistar autonomia na sua vida. Através da marca, busca fortalecer o trabalho manual e valorizar os ensinamentos herdados dos povos antigos.
Desde adolescente, suas mãos jogam com fios e nós, em materiais e cores escolhidos cuidadosamente, cujas tramas resultantes expressam sua paixão pela arte. Com muito respeito aos criadores ancestrais, cada peça imaginada por ela tem significado relacionado à natureza, à arquitetura e a manifestações da cultura popular.
Desde de 2013, a Arte em Linha evolui, aliando dedicação à técnica com pesquisas e experimentos práticos. Além da produção em pequena escala de criações próprias, aceita parcerias gentis e desafiadoras.
Sempre preocupada em evitar a geração de resíduos, as embalagens e tags dos produtos são realizadas na oficina com materiais recicláveis.
 
Macramê

Ainda existem muitas discussões quanto à origem do termo, pois há duas vertentes sobre o surgimento da técnica, que pode ser árabe ou turca. Na língua árabe, a palavra deriva de “migramah” que significa “franja” e a palavra indicada na língua turca é “makrama”.
O que se sabe é que o macramê surgiu no século XIII, viajou do norte da África para a Espanha com os mouros durante as suas conquistas, espalhou-se, primeiramente pela França, e depois em toda a Europa.
O macramê chegou ao Brasil por meio dos colonizadores portugueses, através de suas senhoras que teciam enxovais de casamento. Posteriormente, a técnica seria ensinada pelas sinhás às escravas e deixando, assim, de ser uma prática exercida só por senhoras ricas.
Os marinheiros também possuem um papel fundamental na disseminação da técnica, mais precisamente aos navegantes árabes que, nas suas longas viagens, aproveitavam o tempo ocioso para descobertas de amarrações com as cordas dos navios.
O macramê atravessou os séculos sendo esquecido por alguns e resgatado por outros. Com a chegada do movimento hippie nos Estados Unidos, na década de 70, que depois se espalhou pelo o mundo, a técnica voltou a ganhar notoriedade.
O macramê, atualmente, é utilizado tanto na moda quanto na decoração de ambientes, explorada tanto pela cadeia produtiva das grandes grifes, quanto pelos designers, por artistas de rua e/ou artesãos. 

Afro – Futurismo Artesanal Feito por mães Sustentável

Sobre a Lojinha

0%
0/5
(0 avaliações)

7 vendas pela plataforma

Bom Atendimento

Entrega dentro do Prazo

Observou algo de errado com esta marca?

Aviso de Cookies

Nós e nossos parceiros usamos cookies para entregar nossos serviços. Utilizando nosso site, consideramos que você aceita nossa política de cookies.